Bem Vindos ao blog da Manú. Este espaço é para os amigos, papais e mamães que perderam seus anjinhos!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Oração de Proteção à Família

Autor: Padre Marcelo Rossi - Retirado do Site: "Portal Angels"




Senhor Jesus Cristo, eu (Andréia Gomes de Melo) coloco a minha casa, a minha família (Ciro, Sonia, Érika, Bruno, Flávia, Julia, Miguel e todos meus familiares), todos os que moram comigo, sob a proteção do vosso sangue precioso.
Protegei esta casa de assaltos, incêndio, violência, calúnia, difamação, maldição, pragas, mau olhado e todo mal.
Qualquer pessoa que tenha má intenção, maldade, não consiga permanecer nesta casa nem passe por esta porta, em que entronizo esta oração.
E assim como lemos no livro do Êxodo capítulo 12 (quando o senhor protegeu as casas dos israelitas), que minha casa, por meio desta oração de proteção, seja marcada com o sangue do Senhor Jesus Cristo, sinal de proteção contra todo e qualquer tipo de flagelo.
Invoco a intercessão especial da Virgem Maria e de São Miguel Arcanjo confirmando esta oração.
Enfim, esta porta e toda a minha casa sejam seladas, marcadas e protegidas no sangue libertador de nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.


Gostaria de abrir uma "aspas" sobre alguns acontecimentos

"Hoje gostaria de falar sobre coisas que aconteceram nestes últimos dois dias e que me deixam com um grande sentimento de revolta e de indignação!

Ontem, quando fazia compras para o mercadinho que tem, meu tio foi sequestrado. Levaram ele já quase saindo de Mauá (sendo que somos de Guarulhos). Graças à Deus, e sei lá como, ele conseguiu fugir do cativeiro, e nós só ficamos sabendo do ocorrido já quase de noite, quando ele conseguiu chegar em casa. Estava machucado, levaram seu dinheiro, o celular e a kombi dele, deixaram somente os documentos.

E pra completar, hoje, quando minha mãe saía do mercado onde ele tinha sacado seu 13° salário, dois caras a abordaram e roubaram seu dinheiro. Ela estava desesperada, nervosa... enfim, dois acontecimentos em dois dias e com meus familiares, que fez com que eu me revoltasse muito, pois sei que pode acontecer isso com qualquer pessoa, e sendo com pessoas proximas, a gente sente na pele tudo isso.

Como é que pode existir pessoas que possam fazer mal às outras? Poxa vida, são pessoas que trabalham, batalham o mês inteiro para terem seu dinheiro tão suado, e de repente pessoas sem coração, que não conhecem Deus vem e fazem essas coisas com as outras pessoas. É muita crueldade!

Fico pensando... é neste tipo de mundo que quero deixar os meus filhos? Queria ter meus filhos, mas num mundo que não houvesse maldade, pessoas ruins... Mas infelizmente não é possível, só se eu não tiver mais filhos, aí sim vou privá-los de tanta crueldade! Só que ainda assim, quero tê-los, pelo menos um, que possa ficar comigo o resto da vida.

Que Deus possa abençoar a todas as pessoas para que essas coisas não aconteçam! Graças à Deus meu tio e minha mãe estão bem, apesar da perda material que tiveram.
Peço que todos tenham atenção ao sair de bancos com dinheiro ou qualquer lugar! Infelizmente isso pode acontecer com qualquer um, fica registrado aqui o aviso!"


domingo, 28 de novembro de 2010

Você não me sai da cabeça

Meu amor, sempre tenho você na minha mente, mas estes últimos dias te tive mais ainda... 
Sua prima Julia ficou internada, então tive que passar dias inteiros no hospital com ela, só ia embora de tarde quando sua avó ou sua tia ia lá pra dormir com ela, e lá vi tantos bebês que tinham acabado de nascer... tão pequeninos como você, outros nem tanto, eram enormes, mas todos me faziam lembrar de você. Principalmente os que também foram para a UTI, mas estes eu não pude ver.
Via aquelas mães, pais e familiares todos alegres e felizes pela chegada de um bebê na familia. Me sentia tão estranha, porque apesar de ter tido você comigo por dezoito dias, eu não passei por aquele momento que aquelas mães estavam passando, principalmente na hora em que elas tinham alta e iam embora, levando seus filhos no colo.
Não fiquei triste, mas era uma sensação muito estranha e um sentimento de vazio. 
Havia ali tantas crianças, uma mais linda que a outra. Hoje, por exemplo, tinha uma menina que me lembrou muito você, porque tinha um rostinho bem pequenino, e lindo igual ao seu.

Uma coisa que vi lá e que me fez parar um pouco para pensar foi um menino, que não sei dizer qual idade, mas que já era grandinho, ele tinha paralisia infantil, e tinha uma deformação nas pernas. Quando ia passando pelo corredor, olhei para o quarto em que ele estava e a médica estava aspirando ele, igual faziam com você enquanto esteve internada... e ele se sacudia, pois a aspiração é bem complicada de se fazer. Olhando aquela cena, que também me fez lembrar de você, fiquei me questionando: Meu Deus, se minha filha estivesse viva, será que ela estaria na mesma situação, ou em situação parecida? Quer dizer, se ela sobrevivesse, teria alguma seqüela da qual a deixaria dependente de ajuda o resto de sua vida? Será que ela seria uma bebê especial? Como ela estaria???

Esses questionamentos ficaram um bom tempo na minha cabeça. 
Eu queria muito que você estivesse viva, minha filha. Queria muito te ter aqui comigo, do meu lado. Mas doe só de pensar que você estaria sofrendo, que você precisasse de cuidado vinte e quatro horas do dia. Não falo somente isso por mim e por seu pai, que teríamos que cuidar de você o tempo todo, que teríamos que nos dedicar a você e somente a você, nos "anulando" de outras coisas, mas falo principalmente por você, meu amor, que estaria sofrendo, que não teria uma vida "normal", que talvez tivesse que passar sua vida inteira num hospital ou em cima de uma cama. E tenho medo só de pensar que eu poderia não saber cuidar de você corretamente, do jeito que você precisasse ser cuidada.

É nessas horas que começo a entender um pouco o porque Deus te levou, qual o sentido disso tudo.
Bem, não sei se essa é a respostas de todas as minhas dúvidas, mas sei que isso que aconteceu serviu para que eu pudesse compreender algumas coisas, e me fizesse enxergar que isso aconteceu porque foi o melhor pra você, mesmo que não tenha sido o melhor pra mim!
Fiquei com muita dó daquela criança e também de seus familiares, e peço muito à Deus que os abençoe e os protejam, porque só com fé em Deus aquelas pessoas podem ter muita força pra poder vencer todos os obstáculos que encontram pela frente!

A Julinha, graças à Deus, teve alta hoje. Ela ainda não está 100%, mas vai se recuperar logo.

Eu sei que estás em um bom lugar, minha linda, e sei que está bem. Você me faz muita falta, eu te amo muito e quero o melhor pra você, mesmo que pra isso eu não possa mais te ter perto de mim.

Te amo!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Mais um dia...

Filhinha querida, como eu te amo! A mamãe está bem estes últimos dias, apesar de que ainda fico triste de vez em quando, mas faz parte!
Graças a Deus estou me sentindo melhor. Apesar de toda dor e tristeza de não te ter comigo, conversar com outras mamães de anjinhos, assim como você, tem me feito muito bem, afinal, sofremos a mesma dor e uma ajuda e apoia as outras.

Quero dizer que não paro de pensar em você em nenhum minuto. Você se matem constantemente viva em meus pensamentos e no meu coração.
Como a mamãe disse, estou vivendo um dia de cada vez... não é fácil, mas vou fazer de tudo para melhorar. 
Deus há de nos abençoar, de nos apoiar e peço que você, meu anjinho amado, nunca me abandone!

A mamãe te ama muito, sente muito a sua falta e nunca vai te esquecer.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Minha pequena estrelinha

Autor Desconhecido - Retirado do blog "Just Words"

Pequena estrela...
 
... num lugar muito especial nasceu uma pequena estrela. No inicío era quase invisível e sabia que poderia esconder-se e ninguém a iria ver brilhar. Ainda não queria que o seu brilho passasse para lá das fronteiras que conhecia. Mas... houve alguém muito especial que notou um pequeno pontinho luminoso. Embora ainda não percebesse plenamente que pertencia à pequena estrela, a sua vida estava a ser influencida por uma luminosidade diferente. Depois de algum tempo a pequena estrela não mais se podia esconder dessa pessoa especial e, deixou o seu brilho intensificar-se um pouco mais. Ficou muito feliz por ver como podia influenciar, de modo tão maravilhoso, algumas pessoas especiais. Sim, porque afinal, a pessoa especial não guardou segredo e, deixou que mais alguém visse o brilho da pequena estrela.

O tempo passou e a pequena estrela ia crescendo devagarinho, o seu brilho era mais intenso agora. Os seus amigos especiais irradiavam também a energia que a pequena estrela lhes estava a transmitir. Era muito estranho que ela, tão pequenina, conseguisse algo tão grandioso. Estava muito orgulhosa de si mesma. E brincava, sorria, pulava de alegria. Fazia cócegas aos seus amigos especiais. Arrancava-lhes sorrisos marotos e expressões de puro sonho. Apercebia-se que eles faziam agora coisas que antes não faziam. Tinham planos em mente, coisas muito bonitas e cheias de lugares com muitas cores. E ouvia-os dizer que ela, a pequena estrela era responsável por tudo isso. A pequena estrela achava muito estranho mas estava radiante, afinal, o seu brilho estava a alcançar algo excepcional. E, aquelas pessoas especiais tornavam-se a cada dia um pouco de si e parte do seu brilho. Como ela gostava dessa sensação...

De repente, sem saber bem porquê, sentiu o seu brilho tornar-se menos intenso. Assim... devagarinho... a sua intensidade estava a desvanecer. A pequena estrela tentou lutar. Pediu ajuda aos seus amigos especiais. Eles perceberam e sabiam que teriam que fazer tudo ao seu alcance para ajudar a pequena estrela a não deixar de brilhar. Principalmente aquela primeira pessoa especial, a que a pequena estrela tinha conhecido primeiro, lutou muito com ela. Lado a lado, de mãos entrelaçadas, usando toda a energia que tinha, essa pessoa especial estimulava a pequena estrela a ir procurar, em lugares mais profundos, o seu brilho. A pequena estrela lutou mas, a cada minuto que passava, a sua intensidade diminuía. Via como aquelas pessoas especiais perdiam também um pouco do brilho que tinham no início. E, a pequena estrela não queria isso. Não queria que esse brilho desaparecesse por completo, afinal ela tinha existido e tocado parte da existência daquelas pessoas especiais. Então, a pequena estrela pensou que embora acabasse por deixar de brilhar, ia mostrar-lhes que o brilho dela era eterno. Pelo menos nos corações e na mente daquelas pessoas especiais. Não era preciso que a pequena estrela brilhasse literalmente. Eles poderiam sempre ir ao baú guardado um pouco mais à frente no caminho, abri-lo e recordar o brilho da pequena estrela. Deu-lhes tempo para se habituarem à ideia. Deixou que consultassem outras pessoas que ela não conhecia. Essas pessoas mostraram-lhes que o brilho da pequena estrela, embora curto, tinha tido um objetivo. As pessoas especiais entenderam. Embora não tivessem mais aquele sorriso maroto, diziam à pequena estrela que o seu sonho ainda não tinha desvanecido. Que ela podia deixar de brilhar quando não tivesse mais forças, eles não a iriam esquecer. O brilho da pequena estrela tinha sido especial, único para eles. A pequena estrela tinha ganho um lugar importante na vida daquelas pessoas especiais. Mesmo que o seu brilho agora se desvanecesse por completo ela sabia que, no fundo, continuaria a brilhar de forma apenas visível para aquelas pessoas especiais. Era estranho, saber que, mesmo não existindo, se iriam lembrar dela. A pequena estrela não sabia que isso era possível. Mas achou que assim custava menos deixar de brilhar. Ela já não conseguia mais lutar... estava sem forças. Tinha sido preciso muita energia para lutar durante aquele tempo com aquela primeira pessoa especial. Aos poucos, sentiu que a claridade à sua volta diminuía ainda mais... a pequena estrela já não distinguía a luz do seu brilho. Sentia apenas a mão protetora daquelas pessoas especiais que lhe mostravam o caminho. Que a incentivavam a não ter medo, eles também não tinham. Embora um pouco tristes pela sua partida, sabiam que iria ser o melhor para a pequena estrela. A pequena estrela sentiu então que não os estava a abandonar. Eles percebiam que ela não podia fazer mais nada, que não estava nas suas mãos continuar a brilhar. Disse-lhes por fim que os amava muito. E, que se lembrassem sempre do seu brilho. Ela iria sempre lembrar-se de tudo o que fizeram juntos.

Depois... a pequena estrela olhou para o seu lugar especial, despediu-se de tudo ao seu redor e deixou-se levar pelas ondas. Deixou-se ser embalada pelo ritmo calmo e sereno do mar que a rodeava. Ouvia ainda a voz suave e doce daquela pessoa especial que lhe dizia que a amava muito... E, assim... a pequena estrela deixou de brilhar... ficou apenas uma réstea do seu brilho a pairar sobre aquelas pessoas especiais. Mas essa réstea deu-lhes esperança... que um dia... nesse mesmo lugar especial, uma nova pequena estrela vai brilhar... não será o mesmo, pois não vai substituir as pequenas estrelas que deixaram de brilhar... mas, vai relembrar essas pessoas especiais do que as pequenas estrelas prometeram, elas tinham um objectivo com o seu brilho... As pequenas estrelas não iriam querer que aquelas pessoas especiais desistissem dos seus sonhos...

E assim foi, de mãos dadas, com um profundo olhar de compreensão e amor aquelas pessoas especiais ganharam forças. Pegaram no brilho deixado pelas pequenas estrelas e continuaram a sonhar... um dia o seu sonho irá tornar-se real... irá tornar-se numa estrela brilhante que iluminará para sempre o universo imenso das suas vidas...
 
"Filha, você é como uma pequena estrelinha que nasceu em minha vida, e que agora brilha forte lá no céu.Te amo pra sempre!"

domingo, 21 de novembro de 2010

Um dia de cada vez

Oi filha, estes dias tem sido melhores do que os outros, mas ainda assim não estou 100%, mas, o mais importante é que a mamãe está tentando seguir em frente, e graças a Deus, amanhã vou fazer uma entrevista de emprego.
Tomara que dê certo, porque a mamãe está precisando dar uma mudada na vida, ter uma motivação, algo pra ocupar a mente, e nada melhor do que trabalhar!!
Acho que ficar dentro de casa o tempo todo, sem uma ocupação que realmente tome mais do meu tempo é o que tem me deixado mais pra baixo, fora todas as outras coisas das quais já tenho falado aqui.
Muitas coisas tem acontecido na minha vida, muitas delas não são tão boas, mas é preciso viver um dia de cada vez, esperar, ter paciência para que tudo volte ao normal... ou pelo menos próximo do normal.

Ontem a mamãe foi te visitar novamente, e como te prometi mandei que colocassem gramado em seu túmulo para começar a enfeitar e deixar bem bonito lá! Vou comprar muitas flores e varias coisinhas para decorar... acho que vai ficar legal, espero que você goste!
A mamãe se sente muito bem fazendo isso, porque eu gostaria de fazer coisas pra você enquanto tu era viva e estava aqui comigo, mas infelizmente não houve tempo pois Deus te levou com Ele.

Assim que possível, e se a mãe estiver trabalhando, vou mandar colocar uma pedra de mármore com sua foto.

Filha, cada dia que passa sinto mais sua falta, e passo a te amar cada vez mais! Não me abandone, porque preciso muito de você. Você é minha força. Te amo!




quinta-feira, 18 de novembro de 2010

18 de Novembro... Hoje você faria três meses

O que mais faço é tentar imaginar como você estaria hoje, com três meses de idade!!! Fico observando as crianças que vejo, umas recem nacidas, outras já grandinhas e fico me questionando... será que você estaria desse jeito ou daquele?? Quem sabe... quem vai saber?

Só posso te dizer, minha filha, que a saudade que sinto de você é imensa, infinita. Parece que, com o passar dos dias ao invés de melhorar, só piora! Quanta falta você me faz!

Tenho certeza de que você seria linda, esperta, inteligente... eu ia te amar tanto... Aliás, eu te amo tanto! Nunca vou deixar de te amar.
Você pode não estar mais aqui comigo, mas em meu coração você faz moradia, de meus pensamentos você é a lembrança numero um... a mais linda recordação!

Como eu queria que tudo isso não passasse de um sonho ruim, que quando eu acordasse ou você ainda estaria na minha barriga, esperando pra nascer ou já estaria nos meus braços, rebendo todo o amor que tenho dentro de mim, e que é todo seu!

Mas não... não é um sonho ruim! É uma realidade ruim.... realidade da qual vou ter que aprender a viver pro resto da minha vida. As vezes parece que vai ser fácil, só que nestes últimos tempos tenho visto que não. Ao contrário, vai ser pior do que eu imaginava que seria.

Filha, eu te peço, não me abandona nunca. Eu preciso muito de você. Não me deixe cair, me ajude a ficar de pé. A mamãe precisa seguir em frente, mesmo sem você. Peça à Deus pra me ajudar, que me dê forças!

Eu te amo muito, meu amor. Nunca vou me esquecer de você, e a cada data de seu aniversário e a cada data de sua partida, estarei aqui... lembrando de você. Fazendo com que sua luz nunca se apague!

FELIZ ANIVERSÁRIO...TE AMO!

Feliz Aniversário... meu bebê!

Escrito por Khassandra Green - Retirado do site "Recanto das Letras"



Quando eu te conheci algo me dizia que eu, minha alma, estaria presa a ti para a eternidade! Que nada podia separar nós duas... Pois em ti experimentei o relampejo da felicidade. Mas a doença veio e levou-a de mim... A invejosa da morte...


Porém estou só neste mundo, mas não me dou por vencida, eu todos os dias desafio a morte, eu digo: “Morte! Tu a levaste daquela forma brutal, seja de caráter, estou te esperando, venha! No mundo invisível eu vou te dizer tudo que está em meu coração! Sim, você destruiu minha vida, sou uma zumbi vagante... Destroçaste meu coração! Você nunca foi amada, sim, deve ser isso que a faz separar os corações que se amam! Mata a matéria, porém não mata a alma!”
E certamente irás chorar de arrependimento de ter separado meu bebe de mim!



Eu falo a você Manuela Vitória Gomes Teixeira:
Prometeu-me passar todas as datas comemorativas ao meu lado... E cada data que aparece no calendário, que tem significado mágico para nós duas, o meu coração entristecido deixa escapulir os gemidos de dor. Gemidos esses que ultrapassa as barreiras do infinito e atinge minha alma!

FELIZ ANIVERSÁRIO meu bebê, que Deus te ilumine e onde estás não sintas dor, tristezas, decepções e angustias.
Que estejas amparado pelo amor e carinho de sua mãe e de seu pai, que te amam, incondicionalmente. Todavia, não se esqueça de mim.
Caso estivesse aqui, já teria feito um bolo surpresa... Qual é a surpresa? Era que sempre descobria antes. Lembra? A simples comemoração era feito com muito amor.

FELIZ ANIVERSÁRIO meu bebê! Não importa onde esteja...
E Deus é nosso pai e sabe o que vai dentro do meu coração... não irei através de palavras demonstrarem meus sentimentos, quero que Deus conceda-o um presente: venha me ver e sentir o calor do amor que carrego no meu coração por você, meu bebê!
O meu presente para você será para sempre, em meu coração, tu fazer morada e, em meu ser, nunca serás esquecido.
E não importa se teu corpo não está aqui para comemorar as datas especiais... TUA ALMA está!
Eu te amo bebê!


segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Jóia preciosa - Mensagem de Reflexão

Autor Desconhecido - Retirado do site "To na boa"


Havia epidemia na cidade e, ao sair de casa pela manhã, notou o pai que seus filhos estavam tristes e abatidos. Passavam já algumas horas que o pai deixara a casa para ensinar na escola pública,onde lecionara por tantos anos. Sua casa, entretanto, durante aquelas horas , hospedara o luto e o desespero. Em decorrência da epidemia, dois de seus filhos haviam morrido quase de repente e, de sua família, só a desolada mãe permanecia contemplando imóvel, aqueles dois corpos amados buscando neles, em vão, alguns indícios de vida; e vinha-lhe a mente o pobre marido que dentro em pouco iria defrontar o tremendo espetáculo.
O respeito à vontade Divina e o amor de esposa e mãe deram-na uma grande força de alma. As maternas mãos estenderam um lençol sobre aquele leito de morte onde os filhos amados repousavam. Cumprindo o piedoso mister, a triste mãe passou-se ao quarto vizinho à espera do marido.
A noite descera lentamente. Chegou a casa o pai e, tão logo, indagou de sua esposa um tanto preocupado: 
E os meninos?
Antes, deixe te pedir um conselho - respondeu a mulher. 
Ontem um amigo nosso me procurou e deixou sob minha guarda algumas jóias. Vem ele agora reclamá-las. Não contava que viesse tão cedo. Devo restituí-las ? 
Mas claro querida! Tens dúvida sobre isso?
Mas já me apegara tanto àquelas jóias!
Não te pertenciam. 
Mas eu as queria-lhes tanto bem... Talvez tu também... 
Querida! - Exclamou atônito o marido que começava a pensar com temor em alguma coisa estranha e terrível. -Que dúvidas! Que pensamentos! Basta devolvê-las!

É isso mesmo - Balbuciava, chorosa, a mulher. - Muito preciso do seu auxílio para fazer essa dolorosa devolução. Vem ver as jóias guardadas. 
E as suas mãos geladas, tomaram as do atônito pai e conduziram-no ao quarto e ergueram as franjas do lençol fúnebre.

Aqui estão as jóias. Reclamou-as Deus!
Diante daquela visão o pobre pai caiu em grandíssimo pranto e exclamou golpeado pela dor:

Ó filhos meus, filhos de minha alma, doçura da minha vida, luz dos meus olhos , ó meus filhos!
Querido, não disseste há pouco, que é necessário restituir as jóias quando a reclama o dono legítimo ? 
Com os olhos cheios de lágrimas, o homem fitou a esposa cheio de admiração e doçura, e disse: 
Ó Deus meu - Suspirou - Posso eu fazer alguma queixa contra Tua vontade ? Resta-me agradecer por tão preciosas jóias que me destes para cuidar e amar. 
E os dois consolados, então, prostaram-se a um só tempo e, por entre lágrimas, repetiram as santas palavras de Jó:

"Deus Deu, Deus Tirou. Bendito Seja o Seu Santo Nome !" 
Espero que essa história possa servir de conforto e refrigério no momento de perda e desconsolo. Sabendo que as jóias preciosas tem lugar guardados em nossas lembranças e corações, e que chegará um dia que nem a morte poderá nos separar e, na eternidade, Jesus Cristo será o vínculo perfeito entre todos os amados, e não haverá mais pranto e nem choro. Permita que o Senhor seja seu consolo e refrigério bem presente.


Presente de Deus, minha jóia rara





Filha, você é o maior e melhor presente que eu poderia ter recebido na minha vida!
Deus me deu você de presente, me concedeu o dom, a honra de ser sua mãe. Você é a minha jóia rara, a jóia mais linda e mais preciosa de todas. Igual a você nunca mais vai existir nada parecido.

Agora seu brilho é ainda maior, pois você se encontra na presença de Deus, e por tal motivo, você é ainda mais valiosa.
Daria tudo para que você pudesse estar comigo, mas infelizmente isso não é possível. Sou de toda um imenso vazio sem você. A tristeza invade meu coração, me deixando cada vez mais triste!

Hoje a mamãe foi te visitar, e mais uma vez... chorei. Mas Deus é tão maravilhoso que, enviou pessoas que nem conheço para conversar comigo lá, diante de seu túmulo. Me senti muito melhor, apesar da dor ser eterna e da tristeza ainda habitar no meu coração...

Você é meu presente, vindo de Deus... minha jóia rara que me foi dada, só que de empréstimo, pois Deus te reclamou de volta pra Ele, e você se foi!

Brilha minha estrelinha, brilha forte e sem parar! Que seu brilho e sua luz invadam a minha vida e me encham de paz e de esperança. Pra sempre vou te amar, minha preciosa jóia rara.

Mensagem de uma mãe

Autor Desconhecido - Retirado do "Perfil de Fatima Melero"


Dilacerada, amputada.....perdi minha identidade, perdi meu rumo, não sei mais quem sou....


Perder um filho é um parto às avessas, como se a morte possuísse o poder de arrancar do ventre a memória do amor um dia fecundado.



"Meu Deus, te devolvo meu filho

Papai do céu, assentada aqui 
Quero lhe fazer um pedido
Acabo de lhe entregar o mais belo dos anjos
O mais belo sorriso que já iluminou esse mundo
O mais gostoso abraço que alguém poderia dar
A mais carinhosa gargalhada que poderia ser ouvida
O mais sincero amor de uma criança
O mais travesso que poderia existir
Lhe entreguei o que me eras mais precioso nesta vida
Lhe entreguei todos os meus sonhos num só momento
Tente apenas me fazer compreender o porquê
Tente fazer que eu sinta cada vez que eu fechar os meus olhos
Aquela mão doce me tocando
Tente me fazer olhar pra frente e não ter medo
Ter a coragem suficiente que necessito para continuar
Nessa estrada que está tão cheias de pedras
Faça-me não sentir vontade de te-lo
mais nessa vida
Faça-me compreender realmente que ele é o mais novo anjo no céu
Faça-me ajudar acreditar que o mundo será bem melhor com sua ajuda
Faça-me acreditar que tudo era preciso
Faça-me nunca perder minha fé por nenhum instante
Faça-me sentir a mais doce saudade ao invés dessa dor que machuca tanto
Faça-me crer que o verei novamente
Neste momento meus olhos se fecharão
Minha vida terá sido completa
Minha etapa terá sido cumprida
Assim terei a paz de um anjo novamente em meus braços
O gosto de seu beijo doce em minhas face
Toda a sua ternura novamente ao meu lado
Eu amo você meu Deus, te devolvo meu filho CUIDE DELE PRA MIM!"




Oração - Salmo 23 "O Senhor é meu Pastor"

Imagem retirada do Site "Flickr"

*para afastar as aflições do espirito, as pessoas falsas e para conquistar um coração mais puro*

"A vida me ensinou" - Mensagem de motivação

Autor Desconhecido - Retirado do site "Sol de Gaya"


A Vida me ensinou a compreender as pessoas, pois uma pessoa é diferente da outra.
A Vida me ensinou a respeitar os animais, eles fazem parte da nossa vida.
A Vida me ensinou que muitas vezes amamos e não somos amados na mesma proporção, mas amar sempre vale a pena.
A Vida me ensinou a cuidar da flor, ela é sensível e enfeita o mundo muitas vezes cruel.
A Vida me ensinou a estender a mão a quem precisa, embora seja um inimigo.
A Vida me ensinou a sorrir, embora esteja com lágrimas nos olhos, o outro pode estar mais triste do que eu.
A Vida me ensinou que o sofrimento nos faz mais fortes e assim compreender melhor o outro.
A Vida me ensinou que de cada pedra encontrada no caminho, se faça uma escadaria para se chegar ao topo de mais uma realização.
A Vida me ensinou que a Beleza esta no coração e não na aparência.
A Vida me ensinou a compreender os infelizes que não conhecem e nem sabem o que é o amor.
A Vida me ensinou a perdoar aqueles que não são amigos, pois não sabem o significado de amizade.
A Vida me ensinou que a solidão é bom para refletir.
A Vida me ensinou que a essência da vida é o Amor.


domingo, 14 de novembro de 2010

Saudades de você!

Filha eu preciso tanto de você. A falta que sinto de ti só faz crescer a cada dia. 
Não sei o que está acontecendo comigo, mas tenho me sentido tão incompreendida, parece que as pessoas não me compreendem mais, não conseguem ver que dentro de mim há um machucado que não vai se curar nunca... eles acham que o que eu aparento por fora é verdadeiro, mas não é! Eu só me faço de forte mas não sou, ao contrário, sou muito fraca, e essa fraqueza tem me abatido muito nas últimas semanas... e quem deveria perceber isso e tentar me ajudar parece que faz tudo para que o que sinto dentro de mim piore. Isso tem me feito muito mal. Eu preciso sentir que posso contar com alguém, mas parece que estou sozinha neste mundo.
Sei que estou sendo egoísta, porque tem muitas pessoas que me ajudam, que querem meu bem e que faria de tudo pra poder me ajudar, mas mesmo assim e ainda assim sinto como se todos estivessem contra mim, todos!

Sei que eu também erro, que eu também deixo as pessoas magoadas comigo, e sei que eu assim como elas não fazem isso de propósito! Só que eu não sei lidar com isso, se eu fico magoada, esse sentimento me corroe, me invade por dentro e, pra mim, é como se estivesse levando uma facada pelas costas, o que faz com que eu me feche para as pessoas. 

Talvez eu precise compreendê-las para ser compreendida, mas é difícil...

Ainda sinto vontade de sumir, desaparecer... queria tanto sair, ir pra longe daqui, ficar só! Quem sabe assim as coisas melhoram... mas sinto que não posso fugir, tenho que enfrentar as dificuldades de frente, tenho que enfrentar os monstros que me perseguem... preciso me libertar desse mal.

Tenho certeza de que se você estivesse aqui comigo nada disso estaria acontecendo. Minha vida seria um mar de felicidades, e nada nem ninguém iria atrapalhar isso. Depois que você se foi, minha vida nunca mais foi a mesma, e parece que só tem piorado.
Eu te amo tanto, filha... como dói essa saudade que invade meu peito! Como sangra o meu coração... Não sou nada sem você meu amor... sou uma pessoa pela metade, e a metade que falta em mim, que é você, nunca vou recuperar!

Me ajuda filha, fica perto de mim, me protege... a mamãe está fraquejando! Me ajude a voltar a viver. Me dê uma luz Senhor... uma solução pra minha vida!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Um pouco mais sobre minha anjinha... Manuela

Fiz esse blog para poder homenagear minha filha Manuela, e também porque é uma forma que encontrei de estar um pouco mais perto dela... é o meu cantinho de refúgio, da saudade, de paz, a de vez em quando de tristezas também, porque a recordação dela ainda doe no meu peito.
E esse cantinho, eu quero dividir com todos os meus amigos e familiares que viveram comigo esse momento de dor, quero dividir também com mamães e papais de anjinhos que hoje estão no céu com a minha Manuela, e a todos que se interessarem por esse cantinho que, de alguma forma, se solidarizam conosco, e nos ajudam a seguir em frente.

Até o momento eu falei mais de como tudo aconteceu na gestação dela, etc. Mas agora eu quero falar um pouco mais dela, da minha princesinha, do grande amor da minha vida!

Como já falei aqui, a Manuela nasceu de sete meses, no dia 18 de Agosto de 2010. Ela nasceu em uma quarta feira, as 10:04hs, através de uma cesária que tive que fazer devido a problemas na gravidez, como pré-eclampsia (decorrente da pressão alta), e principalmente por alterações na saúde dela verificados no exame do coração.

Ela nasceu pesando 1.315kg, e medindo 41cm. O peso era baixo, mas ela era um bebê grande para quem nasceu de sete meses, pois normalmente com essa idade os bebês medem cerca de 24/26cm. Imaginem se ela tivesse nascido de nove meses normalmente??? Seria uma linda menina, e enorme!

Dá tanta saudade só de lembrar dela... Ela era tão cabeluda, e tinha ainda tanto cabelo pra nascer...tão linda! Mesmo sendo tão pequena e tão novinha, ela já tinha umas manias como ficar com o braço esquerdo dobrado, deixando a mão atrás da orelha... É engraçado, mas as vezes eu acordo de madrugada e me vejo nesta mesma posição que ela ficava.

Como eu queria que ela estivesse hoje aqui comigo. Sinto tanta vontade de senti-la em meus braços. Desde quando ela ainda estava na minha barriga, eu pedia tanto à Deus que fizesse o tempo passar logo, só pra poder pegar ela, fazer dormir, dar de mamar... enfim, tudo o que uma mãe tem que fazer com um filho recém nascido, mas infelizmente não pude fazer nada disso!

Acho que ela era um pouco parecida comigo, mas pra mim ela puxou mais o pai dela! Sempre que a vejo nas fotos me lembro dele. Seríamos muito felizes, nós três juntos. 
Mas seremos felizes, mesmo ela estando longe, mas ela sempre estará com a gente!

Papai e mamãe te amam filha, nunca nos esqueça!





"Recomeçar..."

Fonte/Texto: "Momento de Reflexão" - Postado por Renato Trindade no site: "Quiosque Azul"



Não importa onde você parou... em que momento da vida você se cansou... o que importa é que sempre é possível e necessário recomeçar. 
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo... 
É renovar as esperanças na vida e, o mais importante: acreditar em você novamente.
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado... 
Chorou muito? Foi limpeza da alma... 
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia... 
Sentiu-se só por diversas vezes? É porque fechou a porta até para os anjos... 
Está se sentindo sozinho? Talvez você tenha afastado as pessoas no seu "período de isolamento"... 
Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da sua melhora... 

Pois bem, agora é hora de reiniciar, de pensar na luz... de encontrar prazer nas coisas simples de novo. 
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para se aproximar. 
Que tal dar um jeito no visual, fazer um novo curso ou realizar aquele velho desejo de aprender a pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa? 

Observe quantos desafios a vida está a lhe oferecer! 
Quanta coisa nova está esperando para ser descoberta! 
Quando nos trancamos na tristeza, nem nós mesmos nos suportamos, ficamos horríveis. 
O mau humor vai minando nosso fígado, até a boca ficar amarga. 

Se você está se sentindo assim, com a sensação de derrota, é hora de recomeçar... 
E hoje é um bom dia para enfrentar novos desafios.
Defina aonde você quer chegar e dê o primeiro passo.
Comece por fazer uma faxina mental, jogando fora todos esses pensamentos e sentimentos pessimistas que se acumularam ao longo do tempo.
Atire para longe os ressentimentos, as mágoas, os melindres que impedem a felicidade de entrar.
Desfaça-se desse sentimento de inferioridade, de incapacidade, e valorize-se. Você é o que fizer de você.


Em seguida, faça uma faxina no seu quarto. Jogue fora todo aquele lixo que você acumula há tempos, só como recordação do passado.

Papéis velhos dos quais você nunca precisou. Disco e fitas que você não irá mais ouvir, ingressos de cinema, bilhetes de viagens, e tudo aquilo que só traz recordações tristes.
Abra seu guarda-roupa e retire tudo o que não usa mais. Doe para alguém que precisa. Doe os calçados que apertam seus pés ou que não servem porque seu número não é mais o mesmo.
Para recomeçar é preciso abrir espaços mentais e físicos...


Depois que tomar essas providências, leia um bom livro, assista um bom filme, para alimentar sua mente com idéias positivas e otimistas.

Aproxime-se dos amigos, dos familiares, das pessoas alegres que ajudarão você a sustentar o bom ânimo e a coragem.
Evite, enquanto se restabelece, a presença de pessoas pessimistas e desanimadas. Só as busque quando estiver forte o bastante puder ajudá-las.
Busque um lugar calmo e eleve a Deus uma prece.
Mas comece agradecendo pela vida, pelas oportunidades renovadas, pelos obstáculos e desafios que surgem no caminho. Eles nos fazem mais forte quando os superamos.


Lembre-se: o dia de hoje é uma página em branco que o Criador lhe oferece para que você escreva um novo capítulo da sua história.

Recomeçar é só uma questão de querer. Se você quer, Deus quer. É por isso que Ele acena sempre com essa nova chance chamada presente.


Pense nisso e não perca nem mais um minuto!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Falta você!

Escrito por: Suzana Motta - Retirado do site: "Laura Poesias"

Em que momento desse caminhar
nós nos separamos? 
Qual foi o instante despercebido 
que você desapareceu da minha vida?
Os dias foram passando e 
eu me acomodando, 
pensando que a vida tinha sentido, 
me iludindo, tentando continuar, 
mas... sem nunca me encontrar.
Parei, pensei... 
O que está faltando?
Descobri!!!
Foi fácil afinal,
o pedaço que me falta
tem um nome... VOCÊ!

"Te amo minha amada filha, Manuela"

O tempo passa...

O tempo as vezes é amigo, as vezes é traiçoeiro... o tempo cura!
O tempo tem passado rápido demais, sem nos dar a chance de aproveitar o agora, pois o agora já se tornou passado se o deixarmos escapar, porque o tempo não pára.

Depois não podemos ficar nos lamentando das coisas que não fizemos ou que não falamos, das chances desperdiçadas, de um abraço não dado, de um beijo não beijado, de um sorriso que não saiu de nossa face para aquela pessoa que amamos.

Temos que aprender a usar o tempo a nosso favor, sabendo desfrutá-lo a cada instante... o tempo não volta atrás!

Queria ter aproveitado melhor o tempo que tive com a minha filha. Gostaria de ter passado mais tempo com ela, pois não sei se aproveitei bem este curto espaço de tempo que ela esteve ente nós! Mas graças a Deus tive este breve momento com ela, e ela comigo!

E agora, só o tempo para curar minha dor, e todas as lembranças que tenho dela ficarão no tempo, que há de se encarregar de passar, mas não me fará esquecê-la... jamais!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Carta de seu anjo da Guarda

Autor: Paulo Roberto Gaefke - Retirado do site "Meu Anjo".



“Eu estou ao seu lado e sou aquele que nunca desacredita dos seus sonhos”.
Sou eu que às vezes altero seu itinerário, e até atraso seus horários para evitar acidentes ou encontros desagradáveis.
Sim, sou eu que falo ao seu ouvido aquelas “inspirações” que você acredita que acabou de ter como “grande idéia”.
Sou eu quem te causa aqueles arrepios quando você se aproxima de lugares ou situações que vão te fazer mal.
E sou eu quem chora por você quando você com a sua teimosia insiste em fazer tudo ao contrário só para desafiar o mundo.
Quantas noites passei na cabeceira de sua cama velando por sua saúde, cuidando de sua febre e renovando suas energias.
Quantos dias eu te segurei para que você não entrasse naquele ônibus, carro e até avião?
Quantas ruas escuras eu te guiei em segurança? Não sei, perdi a conta, e isso não importa.
O que realmente importa, e o que me deixa triste e preocupado, é quando você assume a postura de vítima do mundo, quando você não acredita na sua capacidade de resolver os problemas, quando você aceita as situações como insolúveis, quando você pára de “lutar” e simplesmente reclama de tudo e de todos, quando você desiste de ser feliz e culpa outra pessoa pela sua infelicidade, quando você deixa de sorrir e assume que não há motivos para rir, quando o mundo está repleto de coisas maravilhosas, quando se esquece até de mim, seu anjo da guarda, aquele que Deus deu a honra de auxiliar nessa missão tão difícil que é viver e progredir.
Já que me deixaram falar diretamente com você, gostaria de te lembrar, que estou ao seu lado sempre, mesmo quando você acredita estar totalmente só e abandonado, até nesse momento eu estou segurando a sua mão, eu estou consolando seu coração, eu estou te olhando, e por te amar demais, fico triste com a sua tristeza, mas, como eu sei que você nasceu para brilhar, eu agradeço a Deus a oportunidade bendita de te conhecer e cuidar de você, porque você é realmente muito especial.
Seu anjo da guarda, que acredita em você.

Ore, Agradeça, Peça, ele está aí contigo te ouvindo:
“Santo Anjo do Senhor, Meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, me rege, me guarde, me governe, me ilumine. Amém!”